Não há nada errado com você como Self. Ele é o que é até a sua perfeição. É o espelho que não está limpo e nem é fiel e, por essa razão, dá a você falsas imagens. Você não necessita corrigir a si mesmo - apenas acerte sua idéia sobre si próprio. Aprenda a separar você mesmo da imagem e do espelho, fique sempre se lembrando: Eu não sou nem a mente, nem suas idéias. Faça isso pacientemente e com convicção, que você certamente chegará à visão direta de si mesmo, como a fonte do existir-saber-Amar, envolvendo tudo, permeando tudo. Você é o infinito focado em um corpo. Agora você vê apenas o corpo. Tente seriamente, e você chegará a ver apenas o infinito.

 

There is nothing wrong with you as the Self. It is what it is to perfection. It is the mirror that is not clear and true and, therefore, gives you false images. You need not correct yourself - only set right your idea of yourself. Learn to separate yourself from the image and the mirror, keep on remembering: I am neither the mind nor its ideas. Do it patiently and with conviction and you will surely come to the direct vision of yourself as the source of being-knowing-loving, eternal, all-embracing, all-pervading. You are the infinite focused in a body. Now you see the body only. Try earnestly and you will come to see the infinite only.

Nisargadatta Maharaj